Como anda o mercado publicitário, hein?

26/09/2010 às 15:39 | Publicado em Propagandísticos | 5 Comentários

Olá, pessoal!

Depois de um tempão de ausência, cá estou eu novamente! Recentemente resolvi dar uma espiada e me aventurar no mercado da propaganda e realmente a coisa está mais do que aquecida! O mais interessante é que não há oportunidade para apenas um ou dois perfis de vaga e sim para vários. Há pouco mais de um mês “meti as caras” e realmente, se você quer e procura, vai achar. É claro que depende muito de que região do país estamos falando, mas encontrei muitas oportunidades no sul e sudeste, mais especificamente em SP, MG, RJ, RS e SC.

Acho que é impressindível ter um bom network, mas se este não for muito o seu caso, estar ligado as mídias sociais é um excelente caminho, talvez quase tão bom quanto. Eu destacaria tanto o Facebook quanto o Twitter pois lá é possível encontrarmos desde profissionais que estão atuando intensamente no mercado até agências de propaganda, empresas e perfis que existem somente para ofertar vagas. Aproveito e cito aqui alguns perfis no Twitter interessantes relativos a comunicação:

@jobsFactory / @CG_Divulgacao / @CG_Profissional / @tramposAtend / @mercadeando / @vagasnaweb / @comunicadores / @comunicageral

Há também sites com fluxo e atualizações diárias relativamente intensas sobre oportunidades dando sopa. Alguns deles são:

http://publicijobs.blogspot.com/http://publicijobs.org/ e www.linkedin.com

Mas acho que o principal mesmo é o empenho do candidato. Hoje a concorrência é brutal e além de ter que conquistar e convencer o entrevistador, é preciso ir bem melhor que seus concorrêntes muitas vezes sem saber como são, quantos são, quais experiências e pretensões salariais.

Uma coisa imporante na hora de fazer uma entrevista é deixar bem claro quais são suas expectativas e especialmente contar suas experiências passo a passo. É fundamental ter tido boa relação com a empresa anterior e ter trabalhos a mostrar, mesmo que seu perfil não seja diretamente ligado a produção. Mostre seu envolvimento e participação, deixe claro o que você sabe fazer.

É importante também, para futura valorização própria, reconhecer o território onde você pretende trabalhar. Observar é o primeiro passo, mas fazer perguntas é essencial; saber quais os clientes, que tipos de trabalho cria, perfil da equipe e fundamentalmente os processos internos. Isso na minha opinião é o que constrói e destrói uma empresa e seus funcionários.

Por fim, após a entrevista/bate-papo, é possível ter mais noção se realmente seu possível futuro emprego é um lugar bacana pelo feedback a ser dado pelo entrevistado. É IMPRESSIONANTE como há empresas e empresas. Independentemente do porte é de se lamentar aquelas empresas que te chamam, entrevistam, te falam que gostaram do seu perfil e que no máximo “na semana que vem darão uma resposta” é ela nunca chega. Tenha certeza de que se isso acontecer é porque não é uma empresa bacana e ali você não está deixando de ter uma oportunidade e sim se livrando de problemas.

Para concluir, se você é um profissional aplicado, comprometido, que já está há um bom tempo no mesmo lugar, não vê crescimento ou perspectivas, tem seus objetivos e  suas ambições , tenha atitude e dê uma espiada pra fora da janela. Quem sabe haverá uma vaguinha por ali…

Abraço!

😉

André Mansano

Anúncios

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.